Paulo Bernardes

Paulo Bernardes

A mudança cultural de promoção de uma cultura colaborativa começa desde a formação inicial, o impacto sistémico que se pretende atingir implica uma forte mobilização através da Educação.

Assim, nos dias 5 e 11 de junho de 2019, o Forum para a Governação Integrada em parceria com a Direção-Geral da Educação, realizou duas ações de formação para Diretores de Escolas das regiões Centro, Sul e Norte do país, com a temática “Matriz de Governação Integrada: Um roteiro de autoavaliação sobre colaboração”.

Nos dias 30 e 31 de maio de 2019, o Forum para a Governação Integrada estive reunido com diferentes atores da comunidade educativa do concelho de Odemira para mais um ciclo de formação no âmbito do projeto de consultoria e capacitação em modelos de Governação Integrada para a Promoção do Sucesso Escolar neste território.

Depois um primeiro um ciclo de introdução aos problemas sociais complexos, esta ação de formação procurou aprofundar os conceitos e a importância da Colaboração e Governação Integrada como resposta à complexidade.

Decorreu no passado dia 5 de junho de 2019, no Auditório da Feira do Livro de Lisboa, a apresentação do Livro: "Referencial GovInt para a Promoção do Envelhecimento na Comunidade".

Esta é uma edição da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e resulta do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Grupo de Trabalho dedicado ao Envelhecimento e às Políticas de Longevidade, coordenado por Mário Rui André, nos últimos cinco anos, no âmbito do Forum para a Governação Integrada. 

O livro está disponível para consulta aqui.

 

No âmbito do Ano Nacional da Colaboração, o Grupo de Trabalho do Desemprego e Desigualdades Sociais do Forum para a Governação Integrada, em parceria com várias instituições de todo o país, em particular, a Organização Internacional do Trabalho, está a desenvolver ao longo de 2019 um ciclo de sessões de sensibilização sobre o tema "Dignidade no Trabalho".

Dirigidas a públicos heterogéneos do ponto de vista social, institucional e territorial, estas sessões têm como objetivo promover a reflexão e o debate sobre esta realidade.

Até ao momento já decorreram cinco ações de sensibilização em diferentes zonas do país.

 

No dia 31 de maio de 2019, realizaram-se as Jornadas Sociais XIII Lousada, pelo Município de Lousada, no Auditório Municipal, abordando o tema do Ano Nacional da Colaboração.

Este evento proporcionou aos participantes um dia preenchido e gratificante com um painel de convidados inspiradores.
Foram apresentados diferentes painéis com os seguintes motes:

- Trabalho Colaborativo em diferentes contextos”;

- “IRIS – Inovação Social: Novas formas de comunicação”;

- “Recruit Potencial – Um olhar para a inclusão.

A sessão contou ainda com a presença do Bispo D. Ximenes Belo, Prémio Nobel da Paz, que abordou o tema de “O Poder da Colaboração”.

 

 

No dia 27 de maio de 2019 decorreu mais uma sessão da Academia de Liderança Colaborativa com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, sobre o tema da "Resiliência".

A capacidade de transformar obstáculos em oportunidades, de não se deixar vencer pelas fraquezas ou pelo desespero, ultrapassando-os de forma saudável e construtiva, surge como dimensão central a desenvolver, principalmente quando se fala em liderança.

A sessão contou com o testemunho da experiência de Nuno Delgado (da Escola De Judo Nuno Delgado) e com a partilha das histórias de vida de dois jovens inspiradores, Fatu Banora e Bhoye Diallo.

No âmbito do Ano Nacional da Colaboração, o Grupo de Trabalho das Abordagens Colaborativas do Forum para a Governação Integrada - GovInt promoveu um Ciclo de Sessões Colaborativas, numa organização conjunta com a FCT NOVA.

Foram realizadas 4 sessões no total, durante o primeiro semestre de 2019, no campus da FCT NOVA.

O objetivo deste ciclo de sessões colaborativas foi promover o diálogo, debate e coconstrução de ideias e estratégias à volta de diferentes temáticas.

No dia 14 de maio de 2019 regressámos à Academia de Liderança Colaborativa com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Depois da sessão dedicada ao "Autoconhecimento" e, conduzidos/as por um olhar verdadeiro e humanizador, foi tempo de nos dedicarmos ao reconhecimento das forças e potencialidades individuais. 
Assim dedicámo-nos nesta sessão ao tema da "Autoconfiança", que é fortalecida na medida em que, dotado/a de estratégias e competências, cada um/a possa sentir-se capaz de atingir os objetivos a que se propõe. 

Confiar e ser confiável para liderar melhor foi o mote que nos inspirou nesta sessão.

Torres Vedras foi o 8º local, neste ciclo de eventos, a receber "O Poder da Colaboração"!

A sessão contou com a organização e apoio da Câmara Municipal de Torres Vedras.

O encontro decorreu no Auditório Edifício Paços do Concelho, numa manhã repleta de testemunhos inspiradores e colaborativos.

Gostaríamos de deixar o nosso profundo agradecimento:
- À equipa da organização da Torres Vedras CM
- À equipa do Auditório Edifício Paços do Concelho
- A todos os oradores, pela inspiração: Inês Morais (PSAE Programa de Sustentabilidade na Alimentação Escolar), Rute Silva (Festa Sénior), Hugo Nunes (Todos Somos Um), Joana Galvão (Moinhos – Formar para Inovar) e Elsa Neto (Plano Intermunicipal para Integração de Migrantes)
- À mestre de cerimónias Linda Valadas
- Aos que se inscreveram no pitch e aos sorteados pela sua apresentação
- A todos que colaboraram para o Happy Hour
- A todos/as que partilharam desta manhã inspiradora

O nosso muito Obrigado!

Em janeiro de 2019 arrancou o Ano Nacional da Colaboração, que pretende contribuir para a promoção e disseminação do conceito de Colaboração.

Esta é uma iniciativa organizada pelo Forum para a Governação Integrada e os seus promotores – Câmara Municipal de Lisboa, Câmara Municipal de Odemira, Câmara Municipal de Gaia, Câmara Municipal de Mafra, Câmara Municipal de Abrantes, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, Fundação Montepio, GRACE – em parceria com o Ministério da Educação, a Direção Geral de Educação, o projeto brasileiro O Poder da Colaboração e a Ashoka.

O Ano Nacional da Colaboração recebeu um reconhecimento, contando com o Alto Patrocínio do Presidente da República.

Este reconhecimento é dedicado a todos e a cada um dos membros do Ano Nacional da Colaboração - contamos já com mais de 200 iniciativas aderentes.

Mais do que nos congratularmos, este reconhecimento renova o nosso compromisso com uma cultura colaborativa, procurando continuar a mobilizar e a inspirar a sociedade portuguesa, através dos/das cidadãos/ãs e das instituições, para a relevância estratégica da colaboração, quer como forma de resolução de problemas, quer de otimização dos recursos disponíveis. 

Pág. 3 de 23

Membros